Guarnece-me o gemido que me nasce da alma…

Guarnece-me o gemido que me nasce da alma…

Permite-me que te guarneça as entranhas
Com a suavidade da minha língua
Com a delicadeza circular dos meus dedos…

Deixa-me que te ame o corpo
Que te oferte o prazer
Que te satisfaça a volúpia da alma
Faça-se em nós o sentido do querer

Permite-me que te dispa
Que tem vista de mim
Que te possua, docemente
Na amplitude louca do movimento
Permite-me que me sacie em ti
Que humedeça os lábios no calor
Na humidade das tuas carnes…

Guarnece-me o gemido que me nasce da alma
No orgasmo ofertado pelo sentir
Que repouse nos teus seios
Que me enlouqueças de novo
Faz-me em ti servo do prazer
Senhor do teu sentir
Dono da alma no amor que entregas
Excita-me, excitas-me
Nessa luxuria com que te mostras
Nessa loucura com que me esperas
Ama-me, amar-te-ei
Nesse gemer que me guarnece a alma…

Tiago Paixão
#Afúriadasaudade
25-03-2020

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: