THE END

Despedida…

1590 poemas depois abandono o blog, a todos os que me seguiram o meu muito obrigado! foi bom sentir o vosso apoio e calor humano, foi bom crescer com as vossas criticas! quem sabe um dia, algures no futuro eu regresse.

Um enorme abraço,

Alberto Cuddel

Amar-me-ás?

Amar-me-ás?

Duvido nas certezas reticentes,
– Que me dizem os gestos?
Amas-me?
Onde mora ausência distante…
Sentir proclamado que sentes
Dias distantes ausentes…
Braços caídos carentes…
Pernas dobradas na espera…
Joelhos ao chão em prece…
Uma oração, um desejo…
Onde te mora o beijo…

Fico reticente,
O que te dizem os gestos…

Alberto Cuddel
Poesia com Reticencias (…) – Pastelaria Studios, 2017 ISBN – 978-989-99956-8-0

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: