Ciclo!

Ciclo!

Uma branca parede
O vermelho escorre
O povo já com sede
A oposição já morre!

Ensaio armado, pelo teu poder
Tudo se faz, tudo se arquitecta
Tudo se justifica, e eles? A ver,
Esperando, estanque morte certa!

Velha, egotista olhando o umbigo
Europa, fogem as ilhas ocidente,
A oriente discordas correm contigo
E nós? Seguimos a vida indiferente!

Negras nuvens cobrem brancas paredes
A história é um ciclo, um dia repete-se!

Alberto Cuddel®

Actualidade preocupa-me…
20/07/2016

Era para ser o que foi…

Era para ser o que foi…

“Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém.”
José Régio

deste nascimento parido em tempos frios
aconteceu o que haveria de acontecer se fizesse sol
tudo tão natural, tudo tão certo, tudo tão perto…
há nestas fome de palavra uma essência de existir
uma vontade sórdida uma sede que greta a voz
ciprestes arrancados da terra pelo lado oposto
pelas raízes como se engolidos pelo inferno
que me importa o ressentimento romano,
os estábulos, estrelas que caminham ou réis
sentados em camelos de costados doridos,
se é ao pai do menino e a sua tentação que obedeço?

há na busca da palavra certa,
no esmiuçar da consciência filosófica
uma verdade pobre, um trabalho inglório
descobrir que tudo é porque assim está certo
nasci do acaso improvável,
numa das infinitas improbabilidades que se confirmam,
tudo é acaso, apenas regido por esse destino
pela chama da existência…
porque era para ser o que foi, um acaso de sorte
entre a vida do homem ou a sua morte!

Alberto Cuddel

Ide e evangelizai

Ide e evangelizai

Saindo por todo mundo,
Traçando um novo futuro,
Evangelizando, levando a palavra,
Em cada acção, em cada gesto, em cada palavra,
Não virando as costas a ti,
Não te deixando abandonado,
Quando te encontramos caído no chão,
Quando te encontramos na solidão,
Tu o Cristo que todos os Homens habitas,
Foi esta a tua ordem, são estas as tuas pistas,
Encontrai-me em cada mendigo, em cada dificuldade,
Ide, fazei, espalhai as minhas obras,
Dai a conhecer a palavra da verdade,
Nos pedes, nos ordenas, nos congregas,
Ide, fazei, espalhai as minhas obras,
Buscai, conhecer-me,
Buscai, encontrai-me,
Buscai, Orai e vos será concedido.

Mas vos alerto, vos aviso,
Não partais conquistando outras igrejas,
Sem que congregada a vossa domestica esteja,
Ou ireis perder também essa igreja,
Cuidai da vossa alma metade,
Entregai-vos e amai de verdade,
A Cristo e a toda a Humanidade!
A ti eu escolhi, em ti acreditei,
Ide, fazei, espalhai as minhas obras,
Amai-vos como eu vos Amei!

Alberto Cuddel
07/07/2013

Gratidão

Gratidão

De muitas formas te revelas,
Para não me deixares cair,
Acordas nossos amigos,
Não os deixas dormir,

Amparas com seu braços,
Minha queda, minha angustia,
E os chamas a levantar-me,
Os chamas a amparar-me.

Me fazer abrir os olhos,
Cerrados e angustiados,
Pelo desalento,
E pelo sofrimento!

Fazes-me ver,
Fazes-me crescer,
Fazes-me voltar,
De Novo AMAR!

Alberto Cuddel
01/07/2013

Mudai…

Mudai…

Na encruzilhada do entardecer
Amanheceu a saudade como breu
Neblinas de uma alma adormecida
Choros e prantos de um sofrer
Onde se anuncia a Primavera?

Rumores arrastado pelo caminho
Mãos estendidas à solidariedade
Passos de saltos travados, sozinho
Cega seja, como és na verdade!

Destino traçado partido no chão
Aves nidificando no calor do Verão
Passos que se perdem dados ontem
Nunca encontrados pelos que sentem…

Ó incúria da Curia em posse
Desse deus que apregoais
Vinde, vinde mais, mais…
Se de vos partilhásseis o pouco que fosse
Seriam mais, bem mais, à luz de Deus…

Vinde anais da memória, revelai
Uma outra e nova história
Escrita em punhos de sangue
Vós que me escutais agora,
Em boa verdade, apenas mudai…
Sede novos a cada hora…

Alberto Cuddel
27/02/2018
18:26

Agradecido

Agradecido

No amanhecer,
O novo dia se agradece,
Uma vontade de viver,
Numa oração, numa prece,
Louva-se a Virgem Santíssima,
Por tudo o que acontece,
Antes que nosso dia comece,
Louvemos a Maria Puríssima,
E a seu filho, a graça concedida,
Mais um dia de vida!

Alberto Cuddel
Código do texto: T5157572

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: