Fiz-me por meus pais não me terem feito

Fiz-me por meus pais não me terem feito

Acordei um dia e fiz-me
Fiz-me poeta por encontrar nas letras
Perfumes de mil cores e pétalas abandonadas…

Fiz-me por ler e escrever em espaços vazios
Sonhos e heranças, da espera que desejo
Por ter tropeçado em versos
Escritos em linhas vazias
Ainda assim fiz-me poeta
Que me cada poema se suicida
Que a cada letra me apaixono
Quantas vezes tropeço e em queda
Estatelo-me na prosa
Desmontagem descritiva de argumentos…

Fiz-me por meus pais não me terem feito
No sonho que sonhei de mim mesmo…

Alberto Cuddel
Palavras de Cristal Volume V – Modocromia – 2018 – ISBN – 978-989-99949-9-7

Escolhi Amar-te LVI

Escolhi Amar-te LVI

Decidimos, todos os dias amar-nos, mas um dia isso não nos bastou, queríamos anunciar ao mundo, dar provas irrefutáveis desse amor, para que ninguém duvidasse, amor o nosso já testemunhado e abençoado por Deus.
Um dia isso não nos bastou… queríamos provas… procuramos então ajuda cientifica especializada, testes de sangue, exames, tratamentos, vacinas, consultas, radiografias, ecografias, tudo muito bem documentado para que não existissem erros na avaliação.
Um dia isso não nos bastou… foi então que numa consulta da especialidade a noticio chagou, temos prontas as conclusões para apresentação de prova, rimos então no nosso olhar, choramos no nosso sorriso, tudo estava pronto, estava em nós a decisão de a produzir, a prova irrefutável da decisão de nos amarmos todos os dias de novo.
Um dia isso não nos bastou… e tudo se conjugou no universo, na Bênção divina, o local, o calendário, a lua, tudo perfeito, ato de amor, gemido da alma, no desejo do corpo, no brilho do olhar, no orgasmo supremo da dádiva e entrega ao amor, concebemos-te a ti, a prova, irrefutavelmente inegável do amor que une um homem a uma mulher.
Um dia isso não nos bastou… não nos bastava escolher amar-nos apenas um no outro, mas amarmo-nos também em ti e por ti… Escolho amar-te também a ti meu filho, fruto divino do amor que nos une!

Alberto Cuddel

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: