Basta de …

Basta de …

Basta de preliminares
De beijos quentes
De dedos loucos
Provocando orgasmos
De lábios entre os lábios
Língua massajando clitóris
De orgasmos oferecidos
De massagens nos seios
De chupões nos bicos hirtos…
Basta…

Quero que me penetres com pressa
Na loucura do desejo, do teu membro
Poe-me de bruços, massaja-me as costas
Entra em mim profundamente
Em amplos e loucos movimentos
Quero-te em mim, empinando-me
Fazendo-te dentro, todo, profundamente
Quero que me inundes as paredes do útero
Quero-te sentir quente jorrando em mim…
Quero-te… quero que me ames, mais uma vez…

Tiago Paixão
11/02/2018
16:05

Duetos com a tua mão direita…

Duetos com a tua mão direita…

Sonhas estaticamente o meu corpo
O desejo pleno de um qualquer prazer
Terreno, efémero, eterno?
Penetras-me a alma nas doces palavras
Acaricias-me com metáforas e rimas
Bebes de mim licorosos fluidos
Que ternamente depositas nos versos
Lambuzas-te nas hipérboles do meu peito,
Espero-te na antítese da saudade
Para que te sinta plenamente em mim
Não apenas na humidade dos dedos
Que me povoam o desejo…
Preenche-me plenamente, consagra-me
Pela posse do que sempre foi teu..

Tiago Paixão

Desisti de mim mesmo

Desisti de mim mesmo

Desisti de mim mesmo
De sonhar as noites
Ou desejar madrugadas

Carrego-te ao colo
Como quem abraça
Num coração apertado
Por ti, nada que não faça!

No querer absoluto
Em que a ti me dou
Adormeço feliz, sonhar
Na esperança do teu acordar!

Carrego ao colo a esperança
Braços que me abraçam
Virtude, saber esperar
O tempo, vontade de amar!

Tiago Paixão

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: