Janela de luar…

Janela de luar…

Segue a noite plena de teu corpo,
Prateado reflexo de tuas curvas,
Inundas-me o olhar, louca sedução,
Nas eróticas sombras projectadas,
Pela ténue luz de ter ser emanada,
Lua mulher, abrigo dos amantes,
Noites quentes, perdidas,
Encontradas por ti em teu seio,
Testemunha silenciosa dos gemidos,
Das juras, das trocas de fluidos,
Mãos que se cruzam no ar em ti,
Corpos que rolam no chão,
Ao som silencioso do teu
Quente e prateado luar!

Alberto Cuddel
29/08/2015

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Website Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: