De entre tudo o que somos…

De entre tudo o que somos…

um abraço, um decote provocador
um toque na face, o sentir da pele
a mão no cabelo, o cheiro, ameaça de beijo
o teu corpo contra o meu,
o meu contra o teu,
a rubra imagem…

o início da viagem, o beijo desejado
o busto despido, os seios hirtos
o querer e a volúpia, o toque de mãos
a minha boca na tua, a minha língua na tua
e tu, ali em mim, para mim, nua,
que sejamos tudo, apenas um no outro
sejamos, amor, vontade, tesão
queira eu sentir-te na mão, teu cheiro nos dedos,
sem pudores, sem receios, sem medos
apenas nós, eu tu, e nos mesmos…

dispamo-nos diante das almas nuas
sejamos desejos meus, nossos, mãos tuas,
toquemo-nos, conheçamo-nos,
percorrer todo o teu corpo nos lábios
sentir-te o sabor na língua, na boca
lambuzar-me em ti, beber-te
oferecer-te todo o prazer,
todos os gemidos e gritos da alma…

toco-te, tocas-me, tocamo-nos,
excitamo-nos no beijo, na loucura
possuímo-nos, de todas as formas
de todas as posições conhecidas
desconhecidas de nós mesmos
até que todo o amor se liberte de nós…
num uníssono grito orgásmico…
até que o prazer nos liberte…
da prisão de nós mesmos…
ficando apenas imóveis
e as almas dormentes num abraço…

enquanto nus nos amamos olhando o tecto em silêncio
apenas no abraço… ofegantes…

Tiago Paixão
02/11/2017
13:00

2 thoughts on “De entre tudo o que somos…

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: