Ergue-se o sol

Ergue-se o sol
Ergue-se o sol,
Desvirginando a noite,
Papoilas dançantes
Na dureza do teu olhar
Denunciando a noite,
Sol que muda
Que se faz novo
Que renova
Aquece e enlouquece
Corações esquecidos
Amargurados e feridos,
Novo alento na esperança
Na ajuda e temperança
Que novos amigos dão,
A esse teu coração
Que hoje acorda,
Para de novo deixar-se levar!

Hoje, sim hoje,
Hoje escolho-te a ti!

Alberto Cuddel
03/12/2014

Palavras Desconexas – 30

2 thoughts on “Ergue-se o sol

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: