Que amor?

Que amor?

Com Luís o fogo que arde

Palha que se consome, alimento

Longínquo, gelo amor que não se toca

Apenas sente inatingível…

Sofrer de gozo entre palavras,

Menos que isto, sons, arquejos, ais,

Um só espasmo, pela visão

Imaginária dos sonhos…

Amor é morrer um no outro

Pleno sonhos húmido de corpos

Numa paz plena, 

Dormindo como deuses,

Acordando no inferno diário

Dos homens de maus fígados…

Quem ousará dizer que ele é só alma?

Quem não sente a alma desabrochar

Num corpo em delírio

Até se tornar puro gemido?

Que amor é esse?

Que me dás e eu não sinto?

Alberto Cuddel

4 thoughts on “Que amor?

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: