Quebram-me os olhos…

Quebram-me os olhos…

Como estilhaços de janela atravessada
Quebram-me a alma que olha
Pela a incúria dos que não pensam
Para além de uma porta fechada…

O amanhã é a consolidação do que aprendemos ontem
Antes que o erro se repita.

A de Alberto Sousa
15/04/2019
In: A Salinidade do Olhar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: