Saudade…

Saudade…

Há saudades que não se explicam
Saudades do corpo, do beijo
O calor da pele, do odor, do tesão…
Há vontades que ficam, no corpo
Há vontades que ficam, na alma…

Chama-lhe amor, paixão, carência
Sei que sinto a tua falta, como sonho
Sonho-te, aqui nas mãos, no abraço
No estar, no sentir, na nudez das palavras
Na fúria do querer, na arte de existir

Há saudades que não se explicam
Apenas existem…
Nesta fome de pele que o amor nos condena
Esse sentir da alma que se faz tesão na pele…

Tiago Paixão
#Afúriadasaudade
30-01-2020

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: