Sou Teu

Sou teu

“nas palavras impregnadas de ti
faço-me de novo poeta renascido
habitas-me, como em ti existo”

Faço-me de novo em cada verso, nessa alma tua que me doas, nesta existência em que me faço teu, pele na pele, alma que se perpetua no silêncio do olhar, nesse apontamento de beijos nos braços que se apertam…

Mascaramos as saudades na voz, dói-nos o corpo nessa carência que mantemos do calor dos corpos, nesta dor que se perpetua na indecisão do tempo, e o amor, o amor está ali à espera de um ficar… esse que será eterno, na alma, no ser, no chegar e não partir…

“nas palavras impregnadas de ti
faço-me de novo poeta renascido
habitas-me, como em ti existo”

Alberto Cuddel

2 thoughts on “Sou Teu

Add yours

  1. Rei, revi e olhei para os versos como se fossem vocês de um diálogo maior interrompido e desejado. Como eu eu pudesse te ver e tu pudesses me ver, como se cada palavras fosse viva… então, eu me digo, e eu te digo, há amor..

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: