Poema do dia 31/08/2018

Poema do dia 31/08/2018

Pudesse eu contigo mudar o mundo,

Embrulha-me o coração no teu abraço
Afaga o meu peito contra o teu
Iça as velas, fujamos dos dias, noites
Rasguemos madrugadas nos beijos!

Perfumemos as manhãs que nos denunciam
Coremos o sol que nos espreita
Corramos mundo lado a lado
Alvoradas claras dos nossos ósculos…
Abracemos a vida nos jardins da cidade
Gritemos sem vaidade, toda a verdade…

Pudesse eu contigo mudar o mundo,
Em blusas brancas de seda pura,
Nas mãos que me depositas no peito
Nessa fúria de viver que em mim aceito!

Nesse virar de esquina, entre o sim e a afirmativa
A vida acontece, ali, diante do nada que foi…
Pudesse eu contigo mudar o mundo,
E tudo em nós depois mudaria,
Nesse (a)mar, tão nosso e tão sereno!

Pudesse eu contigo mudar o mundo…

Alberto Cuddel
31/08/2018
Lisboa, Portugal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: