Pelo teu olhar!

Pelo teu olhar!

Trago no peito o raiar de cada dia,
Trago no olhar alegria da tua vida!

És espelho do que sou,
Alma do profundo sentir,
Decisão tecida no dourado querer,
Entrelaçado de gestos perdidos no tempo,
Queres inamovíveis do teu sempre viver,
Carinhos, vontades sempre a repetir,
No cuidar, na dadiva da efémera flor,
Repito a cada dia, a aurora prometida,
Novo nascimento, nova conquista,
Nos caminhos que percorremos,
Guiados pelo eterno luar,
Do mistério carnal,
Que no une sem palavras,
Na demanda empreendida,
A cada dia, cada noite,
Pelo sempre caminho da nossa vida!

Exercício este de conquista,
Ver-me a mim pelo teu olhar,
Louco, altruísta e irrealista,
Por ti sentir a vontade de me Amar!

Alberto Cuddel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: