Poema do dia 09/06/2018

Poema do dia 09/06/2018

Amo-te e mesmo assim nunca te cobrei um beijo que fosse…
Sabes toda aquela carência mordaz do mundo, amo-te, poderia amar-te a vida toda, sem te tocar num fio de cabelo que fosse… A fisicalidade do Amor apenas nos dá satisfação, mas a felicidade não está no receber, mas no dar… Nessa quantidade absurda de prazer que carregas no corpo mesmo que apenas te tenha tocada a alma…
Amo-te e mesmo assim nunca exigi que me amasses…
A cada dia fazemos da alvorada a nossa declaração de amor, a cada por do sol a nossa despedida, fazemos cruzar na lua o nosso olhar, nas estrelas o brilho do nosso sonhar…. Amo-te, nunca te pedi, fosse o que fosse… hoje peço-te apenas um sorriso… esse, esse mesmo, esse, que fez por ti apaixonar-me…

Alberto Cuddel
09/06/2018
16:40

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: