Poema do dia 28/05/2018

Poema do dia 28/05/2018

Espero pelo Amor que nunca tive
Em noites que nunca vivi
Sedução na esperança do sonho
Existes?
 – Ou projecção da perfeição que procuro…

Imploro Amor que nunca me deste, sem a exigência exclusiva dos dias, nas noites procuro-me onde me perco nos amores que sonhei… por entre luares de Maio, febres de Junho, sequência ritmada dos insectos…

Que me advenham os orvalhos
Os licores profanos do desejo
Que me rasguem as vestes rubras
Arde-me a paixão em dor atroz
Sofrência das mãos e pés
Por onde me arrasto…

Alberto Cuddel
28/05/2018
08:10

One thought on “Poema do dia 28/05/2018

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: