Podia ir ali…

Podia ir ali…

Podia ir ali gritar que te amava, mas mesmo assim não te teria, podia prometer-te que falhava, perguntar-te se casavas comigo, podia ir ali, e não fazer nada… Mas porque iria? E se podia ir ali porque não fui?
Podia ir ali e nada dizer, nada fazer, nada ajudar, nada dar, mas para que dar-me ao trabalho de ir e nada fazer, mas fui, uma teimosia minha, pelo acto de ir, foi, só para que não dissessem que podia ter ido e não fui, então fui, fui ali, não sei fazer o que, não sei porque, ou como fui, mas tenho a plena certeza que fui, não me podendo acusar de não ter ido.
Podia ter ido ali e fui, tenho agora em mim a certeza que fui, nada prometi, também nada gritei, mas lembro-me de te ter sussurrado suavemente ao ouvido enquanto dormias que ainda hoje te amava…

Alberto Cuddel
14/01/2018
06:21

#Solutampoetica
http://www.facebook.com/AlbertoCuddel

4 thoughts on “Podia ir ali…

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: