Tudo é chão vazio e árido

Tudo é chão vazio e árido

Tudo é tempo e tudo é perda
às vezes encontro-o
mas outras há que o perco
mesmo que lhe desconheça o sentido
ou tão pouco a virtude de ser…

Tudo está tão perto e tão longe
inatingível, quase impossível de tocar
mas toco no chão, nesse que piso com os pés
os sujos e os limpos e perfumados
oleados e limpos com cabelos loiros…

Tudo é chão vazio e árido
sem consciência da existência do amor
nada dás, tudo desejas reciprocamente
tudo é tão vago sem consciência
tudo tão distante e azul
ou verde que cresce
matando a aridez dos dias cheios
de longos pequenos nadas…

Alberto Cuddel
14/01/2018
05:53

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: