Aqui, precisamente aqui

Aqui, precisamente aqui

Aqui onde o Tejo me trespassa
Aqui onde os pés se assentam na terra
Aqui onde vivem os pássaros e arroz
Nesta lezira dourada pelo rio
Aqui nasce a vida que se alimenta…

Nos cornos erguidos do fado brejeiro
Campino montado de varapau
Correm lezíria fora a liberdade
Aqui onde o Tejo se faz riba…
Aqui onde os braços de água nos abraçam…
Aqui onde corre o gado, aqui onde há vida
Aqui também é meu fado…

Alberto Cuddel
04/02/2018
03:29

2 thoughts on “Aqui, precisamente aqui

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: