Poema do dia 20/12/2017

Poema do dia 20/12/2017

Tem-me enquanto sou novo, no tarde estorvarei
Agora enquanto a vida sorri, depois apenas chorará
Aproveita agora enquanto sou novo, não me uses
Abusa-me, em quanto posso, depois, definharei…

Tem-me enquanto sou novo, no tarde estorvarei
Aproveita-me agora enquanto me apeteces
Antes que a lua se ponha,
Antes que a força me abandone,
Antes que a vida se estinga…

Tem-me enquanto sou novo, no tarde estorvarei
E nesse tempo de abandono,
Quando já não te fizer falta,
Larga-me, espera que parta…
Depois, depois não me terás…
Nem necessárias serão as missas
As preces, as flores e visitas…
Depois apenas esquece-me…

Alberto Cuddel
20/12/2017
15:55

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: