As Noites

 

As noites banham-me o corpo,
As tuas mãos acalmam e aplacam
Desejos, lábios sedentos,
Amor? Necessidade de ti,
Em mim, sim também é amor,
Gemido e sussurado, gritado,
Paredes envergonhadas,
No abraço nú, em que os corações
Também eles adormecem!…

Tiago Paixão

2 thoughts on “As Noites

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: