Desisti de mim mesmo

Desisti de mim mesmo

Desisti de mim mesmo
De sonhar as noites
Ou desejar madrugadas

Carrego-te ao colo
Como quem abraça
Num coração apertado
Por ti, nada que não faça!

No querer absoluto
Em que a ti me dou
Adormeço feliz, sonhar
Na esperança do teu acordar!

Carrego ao colo a esperança
Braços que me abraçam
Virtude, saber esperar
O tempo, vontade de amar!

Tiago Paixão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: