Poema IX

Poema IX

Mais do que um amor virtuoso
Amo o amor, o teu defeituoso
Pois é de esquerdos e tortos
Que fazem os corpos direitos!

Na felicidade que procuramos
Encontramos traçado o rumo
Do conhecimento que buscamos
Da nossa alma e essência o sumo!

E os dias em que não amamos,
Ou estamos quietos ou separados
Como a água que correm distante
Com pressa e abundante,
Entre um ribeiro e o jardim,
Amo-te, apenas por que sim…

Alberto Cuddel
#ComoFazerAmor
04/04/2017
17:38

One thought on “Poema IX

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: